Início » Clínica Médica: o que é, residência, atuação, remuneração e mais!

Clínica Médica: o que é, residência, atuação, remuneração e mais!

Publicado em
Clínica Médica: o que é, residência, atuação, remuneração e mais! — Confira um guia completo sobre a Clínica Médica, incluindo informações sobre o que é, residência médica, áreas de atuação, salário e muito mais!

Para aqueles que sonham com uma carreira na Medicina, escolher a especialidade certa pode se apresentar como um desafio. Dentro do vasto escopo de especializações médicas disponíveis, a Clínica Médica é uma das opções mais populares.

Neste artigo, vamos explorar o campo da Clínica Médica, falando desde como é feita a residência na especialidade, quais são as áreas de atuação possíveis, até a remuneração oferecida neste segmento. Vamos também tratar da complexa rotina da residência na clínica médica e como ingressar nesse concorrido programa de formação

Inscreva-se em nossa newsletter🦉

Receba notícias sobre residência médica e revalidação de diplomas, além de materiais de estudo gratuitos e informações relevantes do mundo da Medicina.

*Ao enviar os dados você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber informações adicionais do Estratégia.

O que é a Clínica Médica?

A Clínica Médica, também conhecida como Medicina Interna, é uma especialidade da Medicina que tem como objetivo o diagnóstico, tratamento e acompanhamento de pacientes adultos. É considerada uma área de atuação generalista, abrangendo diversas doenças e condições de saúde e áreas de atuação, desde ambulatoriais a hospitalares, e responsável pelo cuidado de pacientes com diversos níveis de gravidade.

Formação em Clínica Médica

Para se tornar um especialista em Clínica Médica, é necessário cursar a Residência em Clínica Médica, com duração de dois anos. Durante esse período, o médico residente adquire conhecimentos teóricos e práticos sobre diversas áreas da Medicina, como Cardiologia, Pneumologia, Gastroenterologia, Nefrologia, entre outras.

Terminada a residência em Clínica Médica, o médico tem a opção de trabalhar em diversos cenários, ou seguir sua formação com programas de residência nas subespecialidades clínicas, conhecidas como “subs”, que incluem Reumatologia, Cardiologia, Endocrinologia, etc., dedicando-se por mais dois a três anos a especializar-se nelas..

Áreas de atuação em Clínica Médica

A Clínica Médica é uma especialidade que abrange diversas áreas de atuação, permitindo que os médicos tenham uma ampla gama de opções para desenvolver suas carreiras. Confira abaixo algumas das principais áreas em que os clínicos podem atuar:

  • Atendimento ambulatorial: O clínico pode atuar no atendimento ambulatorial em unidades básicas de saúde e em serviços de maior complexidade, de nível secundário ou terciário, realizando consultas ambulatoriais e atendendo pacientes predominantemente adultos e idosos.
  • Atendimento hospitalar: O clínico também pode atuar em hospitais, principalmente em unidades de internação. Nessa área, o médico é responsável por avaliar e acompanhar pacientes internados, realizando o manejo clínico das doenças e coordenando a equipe multiprofissional envolvida no tratamento.
  • Urgência e emergência: Muitos clínicos atuam em serviços de urgência e emergência, como prontos-socorros e unidades de pronto atendimento.
  • Medicina preventiva: A prevenção de doenças é uma das áreas de atuação do clínico. Nesse aspecto, o médico pode realizar orientações e aconselhamentos sobre hábitos de vida saudáveis, vacinação, prevenção de doenças crônicas, entre outros aspectos relacionados à promoção da saúde.
  • Medicina ocupacional: O clínico também pode atuar em Medicina Ocupacional, realizando avaliações de saúde ocupacional em ambientes de trabalho, que envolvem exames admissionais, periódicos e demissionais, além da investigação de possíveis problemas relacionados ao trabalho que possam afetar a saúde dos empregados.

Essas são apenas algumas das áreas em que os médicos especializados em Clínica Médica podem atuar. É importante ressaltar que a formação do clínico geral proporciona uma base sólida para a atuação em diferentes contextos, permitindo que esses profissionais sejam versáteis e capazes de lidar com uma variedade de situações clínicas. A escolha da área de atuação dependerá dos interesses e afinidades de cada profissional.

Além disso, terminada a residência em Clínica Médica, os médicos têm a opção de prosseguir a formação com programas de residência em subespecialidades clínicas, como Cardiologia, Gastroenterologia Clínica, Reumatologia, dentre outras, com os quais podem ampliar suas áreas de atuação.

Residência Médica em Clínica Médica

A residência médica em clínica médica é uma etapa fundamental na formação dos médicos que desejam se especializar nessa área. Nesse programa de residência, os médicos adquirem conhecimentos teóricos e práticos específicos da clínica médica, aprimorando suas habilidades no diagnóstico, tratamento e acompanhamento de pacientes com doenças clínicas diversas.

Requisitos para a residência em clínica médica

Para ingressar na residência médica em clínica médica, é necessário que o médico já tenha concluído a graduação em medicina e possua o registro profissional no Conselho Regional de Medicina (CRM). A seguir, é necessária a aprovação em processo seletivo para programa de residência em tal área, que envolve diversas etapas, como prova teórica, análise curricular, prova prática e entrevista. A residência terá, então, duração de dois anos, com rotina abordada a seguir.

Rotina da residência em Clínica Médica

Como ocorre nas residências em geral, a residência é dividida em rodízios de algumas semanas (usualmente, de 4 a 6 semanas), durante os quais os residentes concentram-se em atividades específicas. Exemplos típicos de rodízios presentes nas residências de clínica médica são:

  • Rodízios em subespecialidades, durante os quais os residentes podem se tornar responsáveis pelo cuidado aos pacientes internados na enfermaria de uma subespecialidade clínica específica durante a manhã, seguido pelo atendimento em ambulatórios da área à tarde e, em algumas noites, pela atuação em plantões;
  • Rodízios, mais voltados à atuação sobre patologias clínicas mais comuns no cenários de urgência e emergência, em que os residentes se dedicam, na maior parte dos dias, em plantões de sala de urgência e emergência; 
  • Rodízios de evolução de pacientes internados em unidades de terapia intensiva.

A grade programática varia entre os diversos programas de residência. De modo geral, porém, todos os programas visam a permitir que os médicos aprendam, na teoria e na prática, o manejo das principais urgências e emergências clínicas nos cenários de pronto-socorro, o acompanhamento ambulatorial das principais comorbidades clínicas, e o manejo das doenças mais comuns cuidadas por cada subespecialidade clínica.

Carga horária e Aprendizado

A carga horária na residência em Clínica Médica geralmente atinge, no mínimo, as 60 horas semanais estipuladas pela regulamentação vigente. Todavia, a depender do programa de residência, pode haver estágios mais intensos, que envolvam, p.e.x., o cuidado de pacientes em unidades semi-intensivas e intensivas, em que a carga horária pode ultrapassar as 80 horas semanais. Além disso, cabe observar que as 60 horas se referem à carga horária de trabalho do residente, e não incluem as horas em que se espera que ele se dedique ao estudo teórico individual necessário à sua formação.

Durante a residência em Clínica Médica, os médicos em formação têm a oportunidade de aprofundar seus conhecimentos teóricos por meio de aulas, discussões de casos clínicos e participação em congressos e cursos. Além disso, eles também têm a possibilidade de colocar em prática o que aprendem, atendendo os pacientes e realizando procedimentos clínicos sob a supervisão de preceptores mais experientes.

Responsabilidades do médico

Os médicos residentes em Clínica Médica têm responsabilidades crescentes ao longo do período de residência. No início, eles são acompanhados de perto pelos preceptores e têm um papel mais observacional. Conforme adquirem experiência, passam a assumir responsabilidades maiores, como o atendimento de pacientes de forma autônoma e a coordenação de equipes multidisciplinares. É fundamental que os médicos residentes estejam sempre atualizados com as novas diretrizes e protocolos da área para oferecer um atendimento de qualidade aos pacientes.

Como ingressar na residência médica em Clínica Médica

A residência médica em Clínica Médica é uma etapa fundamental na formação de médicos especialistas nessa área. Para ingressar nessa modalidade de residência, é necessário passar por um processo seletivo e atender a certos critérios de avaliação. Neste tópico, vamos abordar como é possível conquistar uma vaga nessa especialidade tão importante.

Processo de seleção

O processo seletivo para a residência médica em Clínica Médica geralmente envolve a realização de uma prova teórica e uma fase prática.

 A prova teórica avalia os conhecimentos gerais do candidato em cinco áreas: clínica médica, pediatria, cirurgia geral, ginecologia e obstetrícia, e medicina preventiva. Tal prova é constituída, geralmente, por 80 a 100 questões de múltipla-escolha, divididas igualmente entre tais áreas, mas pode incluir também questões dissertativas, a depender do processo seletivo.

A seguir, muitos processos seletivos incluem uma prova prática, constituída por estações que simulam situações clínicas nas quais são avaliadas habilidades práticas dos candidatos, como realização de anamnese, exame físico, procedimentos básicos e tomada de decisões. 

Por fim, é comum que os processos seletivos incluam etapa de avaliação curricular, em que o histórico escolar dos candidatos e experiências prévias como pesquisa científica e realização de estágios são avaliados; pode haver também uma etapa de entrevista, em que os currículos são analisados e aspectos subjetivos dos candidatos são discutidos pelos avaliadores.

Ao término do processo seletivo, as notas das três etapas compõem uma média final, com a qual os candidatos são classificados e, de acordo com o número de vagas disponibilizado, podem ingressar na residência.

Como se preparar para o processo seletivo para a residência médica em Clínica Médica

A preparação para o processo seletivo para a residência em clínica médica, bem como para as especialidades de acesso direto de modo geral, exige que os candidatos conheçam as etapas avaliativas de sua instituição de interesse e se dediquem a elas.

De modo geral, todos os processos para residência em especialidades de acesso direto, como a Clínica Médica, incluem uma prova teórica, que avalia os conhecimentos gerais do candidato em cinco áreas: clínica médica, pediatria, cirurgia geral, ginecologia e obstetrícia, e medicina preventiva. O preparo para tal prova constitui o fator determinante para a aprovação da maioria dos candidatos, visto que ela constitui a maior parcela da média final para classificação; como recursos para tal preparo, os candidatos costumam se valer de materiais diversos, como:

  • Bancos de questões comentadas: a utilização de bancos de questões permite aos candidatos estudar os temas abordados pelas provas com questões comentadas, um dos meios comprovadamente mais eficazes para o aprendizado.

Entre os bancos de questões utilizados pelos candidatos, o banco do Estratégia MED destaca-se por ter mais de 90.000 questões, em grande parte já comentadas com comentários detalhados em vídeo e em texto, feitos por professores especialistas no tema, e pela grande capacidade de filtrar as questões no estudo, que permite aos candidatos selecionar, com grande especificidade, qual aspecto do tema desejam estudar, dentre outros detalhes.

P.e.x, observe como o banco permite filtrar, em detalhes, apenas as questões já avaliadas sobre um subtema dentro do tema “Hipertensão” e, a seguir, acessar as questões desejadas, com comentários em texto e em vídeo.

Bancos de questões utilizados pelos candidatos, o banco do Estratégia MED destaca-se por ter mais de 90.000 questões

 

Bancos de questões utilizados pelos candidatos, o banco do Estratégia MED destaca-se por ter mais de 90.000 questões
  • Provas anteriores: ademais do estudo por questões individuais, é essencial que os candidatos se habituem a realizar provas de residência anteriores na íntegra, para que se habituem ao estilo da instituição de interesse e ao cansaço que pode surgir ao realizar provas inteiras.

O extensivo do Estratégia MED inclui uma grande gama de provas na íntegra. Observe abaixo tela ilustrativa do sistema do Extensivo, que as provas são organizadas de acordo com o estado de origem e a instituição envolvida, e podem ser acessadas na íntegra com comentários em texto e em vídeo.

O extensivo do Estratégia MED inclui uma grande gama de provas na íntegra. Observe abaixo tela ilustrativa do sistema do Extensivo, que as provas são organizadas de acordo com o estado de origem e a instituição envolvida, e podem ser acessadas na íntegra com comentários em texto e em vídeo.
  • Vídeo-aulas e Livros digitais: assistir vídeo-aulas e ler textos sobre os temas constitui em métodos de exposição inicial aos temas estudados muito utilizados pelos candidato.
  • Flashcards: o estudo com flashcards auxilia os candidatos a memorizar, por meio da repetição espaçada, os principais conceitos avaliados pelas provas.

Os candidatos costumam se valer de cursinhos preparatórios para o acesso a tais materiais para o preparo aos processos seletivos. O Extensivo do Estratégia MED destaca-se, nesse sentido, pela diversidade de tipos de materiais de estudo que oferece e pela facilidade com que são acessados. Assim, o aluno pode adequar seu estudo aos métodos que lhe permitem melhor absorver o conteúdo, seja por vídeos, livros, resumos, revisão de slides, mapas mentais ou flashcards:

Os candidatos costumam se valer de cursinhos preparatórios para o acesso a tais materiais para o preparo aos processos seletivos.

A preparação para a prova prática, necessária para os processos seletivos que a incluem, pode envolver o estudo de estações práticas previamente cobradas pela instituição de interesse e por outras instituições – as provas práticas de residência médica são geralmente compostas por estações que simulam atendimentos clínicos, com duração de 5 a 10 minutos, nos quais habilidades dos candidatos em realização de anamnese, exame físico e de procedimentos são avaliadas.

O Estratégia MED contém um curso específico de preparação para a prova prática, com vídeos sobre a estrutura geral das provas práticas para residência médica e sobre múltiplas estações, cobradas ou não por provas anteriores; o estudo por vídeos e checklists de estações permite que os candidatos se familiarizem com o modo como as provas realizam estações práticas e quais aspectos são valorizados pelos avaliadores.

Para a etapa de avaliação curricular, é essencial que os candidatos analisem os aspectos curriculares valorizados pelo processo seletivo, indicados em seu edital, e incluam-nos com clareza, e com as respectivas comprovações, em seus currículos; entre os aspectos mais comumente valorizados nos editais, têm-se o histórico acadêmico, estágios extracurriculares, participação em ligas acadêmicas, trabalhos científicos, etc.

Por fim, é frequente que os processos incluam uma etapa de entrevista, em que os tópicos descritos no currículo dos candidatos podem ser destrinchados, e as características subjetivas dos candidatos são analisadas pelos avaliadores. Para o preparo a tal etapa, é necessário que os candidatos saibam descrever com clareza as principais atividades que tenham relatado em seus currículos, e possam responder a perguntas subjetivas sobre sua formação e sobre os motivos de seu interesse pela especialidade e pela instituição desejada.

Banco de Questões MED → acesse agora!

Remuneração em Clínica Médica

A remuneração na área da Clínica Médica é um aspecto importante a ser considerado por profissionais que desejam se especializar nessa área. É natural que os médicos tenham interesse em saber as médias salariais e as referências salariais no Brasil para tomar decisões informadas sobre sua carreira.

Salário médio na Clínica Médica

O salário médio na área da Clínica Médica pode variar de acordo com diferentes fatores, como a região onde o profissional atua, sua experiência e qualificações, o tipo de instituição em que trabalha e até mesmo o setor privado. No entanto, é válido ressaltar que a Clínica Médica está entre as especialidades mais valorizadas e bem remuneradas da área da saúde.

Em média, um médico atuando na área de Clínica Médica pode ter um salário inicial que varia entre R$8.000,00 a R$15.000,00 por mês. Com o aumento do grau de experiência e especialização, porém, esse valor pode aumentar consideravelmente, chegando a ultrapassar os R$20.000,00 por mês e, para médicos que atuam em instituições privadas e grandes centros, até mais de R$40.000,00 mensais. 

No entanto, é importante destacar que esses valores variam não apenas conforme a região do país e a área de atuação do médico, mas o modo como opta por estabelecer sua carreira e suas prioridades de trabalho; assim, médicos que conciliem a realização de procedimentos à rotina de atendimentos ambulatoriais e de plantões podem ampliar seus ganhos – p.ex. a realização de endoscopias digestivas por gastroenterologistas ou de intervenções por hemodinamicistas.

De modo geral, cabe destacar que a Clínica Médica oferece boas oportunidades de trabalho, tanto na rede pública de saúde quanto na iniciativa privada. Os especialistas em Clínica Médica podem atuar em hospitais, clínicas e consultórios, bem como na realização de alguns procedimentos diagnósticos e terapêuticos, caso realizem subespecializações com tal objetivo.

Conclusão

A Clínica Médica é uma especialidade fundamental para a formação profissional de qualquer médico. Com uma grande quantidade de residentes em formação atualmente, a área oferece diversas oportunidades e perspectivas para quem opta por seguir essa carreira.

O clínico geral, também conhecido como médico internista, possui um campo de atuação bastante abrangente. Ele é responsável por realizar o diagnóstico e tratamento de doenças que afetam adultos, em diferentes sistemas do corpo humano. Essa especialidade permite ao profissional cuidar de pacientes de forma integral, considerando todos os aspectos de saúde e proporcionando um atendimento mais amplo.

Além disso, o clínico geral pode atuar em diferentes contextos, como hospitais, clínicas, unidades de pronto atendimento, postos de saúde e até mesmo em consultório particular. Essa diversidade de locais de trabalho amplia as oportunidades de emprego e possibilita ao médico escolher a área que mais se adequa aos seus interesses e objetivos profissionais. A clínica médica também desempenha um papel importante no pré e pós-operatório de cirurgias. 

É importante ressaltar que a especialização em Clínica Médica é uma base sólida para o aprimoramento de conhecimentos e a posterior realização de outras subespecialidades. Dessa forma, o médico clínico geral pode optar por se especializar ainda mais em áreas como cardiologia, neurologia, genética médica, entre outras, ampliando ainda mais suas oportunidades de carreira e perspectivas profissionais.

Banco de Questões

Banco de Questões + Bônus Resumos Estratégicos – Anual

Estude com o maior Banco de Questões autônomo da área médica, com mais de 198 mil questões disponíveis, sendo mais de 104 mil comentadas alternativa por alternativa e mais de 68 mil resolvidas em vídeo pelos professores especialistas do Estratégia MED.
12x R$ 274,75
No Cartão de Crédito ou 10% de desconto no Boleto ou Pix à vista: R$ 2.967,30

Saiba mais

Banco de Questões + Bônus Resumos Estratégicos – Semestral

Estude com o maior Banco de Questões autônomo da área médica, com mais de 198 mil questões disponíveis, sendo mais de 104 mil comentadas alternativa por alternativa e mais de 68 mil resolvidas em vídeo pelos professores especialistas do Estratégia MED.
12x R$ 191,41
No Cartão de Crédito ou 10% de desconto no Boleto ou Pix à vista: R$ 2.067,30

Saiba mais

O que achou desse artigo?

😠😐😍
Reações gerais

Leia também:

Publicações Relacionadas

Ao continuar a usar nosso site, você concorda com a coleta, uso e divulgação de suas informações pessoais de acordo com nossa Política de Privacidade. Aceito